Até o Dia em que o Cão Morreu

At o Dia em que o C o Morreu Depois de alugar um apartamento vazio no centro de Porto Alegre um homem de cerca de anos gasta os dias olhando a cidade pela janela bebendo cerveja e caminhando pela vizinhan a At que um cachorr

Depois de alugar um apartamento vazio no centro de Porto Alegre, um homem de cerca de 25 anos gasta os dias olhando a cidade pela janela, bebendo cerveja e caminhando pela vizinhan a At que um cachorro aparece em sua porta, e uma modelo chamada Marcela entra em sua vida.O impasse do narrador tamb m tem um car ter particular a dificuldade de escolher entre um cotidiano cDepois de alugar um apartamento vazio no centro de Porto Alegre, um homem de cerca de 25 anos gasta os dias olhando a cidade pela janela, bebendo cerveja e caminhando pela vizinhan a At que um cachorro aparece em sua porta, e uma modelo chamada Marcela entra em sua vida.O impasse do narrador tamb m tem um car ter particular a dificuldade de escolher entre um cotidiano cheio de priva es, mas sem riscos emocionais, e as possibilidades infinitas dos afetos a que o mundo se torna mais complexo e interessante a , tamb m, que as paix es cobram seu pre o.Com um estilo minimalista e em algumas passagens virtuos stico, Galera conduz o leitor com um vagar nada gratuito em suas pequenas acelera es e grandes pausas, como se At o dia em que o c o morreu reproduzisse o tempo interno do seu personagem a lenta evolu o, quase despida de acidentes, at que suas certezas iniciais comecem a escer As ltimas p ginas, narradas por Marcela, iluminam com sutileza o instante em que tudo pode estar prestes a mudar ent o que, numa hist ria t o marcada pelo signo da morte, a vida enfim d o ar de sua gra a.

  • [PDF] Até o Dia em que o Cão Morreu | by ☆ Daniel Galera
    487 Daniel Galera
Até o Dia em que o Cão Morreu

  1. Daniel Galera is a Brazilian writer, translator and editor He was born in S o Paulo, but was raised and spent most of his life in Porto Alegre, until 2005 when he went back to S o Paulo He is considered by critics to be one of the most influential young authors in Brazilian literature Daniel is one of the founders of the publishing house Livros do Mal and had some of his works adapted into plays and movies.

860 Reply to “Até o Dia em que o Cão Morreu”

  1. O plot desse livro bem simples, a hist ria bem mundana mas eu me identifiquei TANTO um livro simples e muito bem escrito que capta muito bem os altos e baixos dos 20 e poucos anos O protagonista sem nome enxerga a vida de uma maneira muito crua e ao mesmo tempo muito profunda Suas crises, seus questionamentos e seus momentos de qq eu to fazendo da minha vidaaaa se encaixaram perfeitamente no que eu ando vivendo nos ltimos dias, e isso tornou essa leitura ainda mais agrad vel.



  2. publicado originalmente em literasutra O protagonista de At o dia em que o c o morreu um homem sem nome nem rosto, pode ser qualquer um Aos 25 anos, rec m formado em Letras, permanece dependente dos pais Se precisasse justificar sua condi o, diria que reflexo de um mercado de trabalho injusto e nada acolhedor Mas este homem, na verdade, est acomodado, em certa medida at satisfeito Este homem sem nome o retrato de parte de uma gera o Permanecia uma hora inteira mergulhado dentro da banheira, escu [...]


  3. At o dia em que o c o morreu Daniel Galera NITROLEITURASA hist ria de um jovem brasileiro de classe m dia se iniciando em sua vida adulta, ainda tentando assimilar as quest es existenciais mais podreiras da vida, e esbarrando em um relacionamento com um cachorro e com uma modelo, que pode ou n o, para dar uma Caetada dar algum tipo de foco ou motiva o, escrita com uma prosa excelente, urbana, seca e ao mesmo tempo po tica sem cair no melodrama v io, isso dif cil pra caramba Gostei muito, mas mui [...]


  4. Parando para pensar, o melhor tipo de releitura a r pida, que bate forte numa onda de pseudonostalgia e provoca tudo quanto tipo de pensamento ao mesmo tempo At o dia em que o c o morreu continua uma leitura gostosa, curtinho como , ainda mais na narrativa direta e sem travess es do Galera, mas dessa vez acabei refletindo mais sobre alguns aspectos do livro engra ado pensar que me peguei tendo tenho certeza alguns dos mesmos pensamentos que tive durante primeira leitura mas minha mem ria horr ve [...]


  5. Aprendi isso cedo N o consigo conviver muito tempo com ningu m E tinha isso em mente ao decidir que n o teria telefone em casa Se houvesse a possibilidade das pessoas me ligarem, eu sofreria demais nas noites em que ningu m ligasse Quando ligassem, eu me irritaria por estarem me incomodando Ent o apenas acendia um cigarro, ou abria uma garrafa de cerveja, sentava no sof e me concentrava em nada, at que uma relativa sensa o de paz se estabelecesse.


  6. Acho que agora um caminho sem volta Daniel Galera conquistou me 100% Como come ar esta resenha s rio este livro arrebatou me e me prendeu na hist ria de cabo a rabo, o que insofismavelmente r pido se considerar o tamanho do livro E novamente irei reiterar QUE ESCRITA ESTA O livro tornou se um favorito para mim pois ele obt m um baita m rito na quest o de lhe mostrar a realidade, pois, eu consigo imaginar o personagem principal sendo qualquer iludido, que acabara a faculdade e agora n o tem mais [...]


  7. Mais um excelente livro de Daniel Galera Uma novela curta, mas extremamente filos fica Galera tem uma habilidade impressionante de captar a quest o existencialista em seus personagens principalmente na personagem do narrador niilista , sempre perdido na selva de concreto da cidade grande Fala se muito de d vidas, sonhos e sobre o sentido da vida Um livro que mais uma vez enfatiza o quanto Galera significa para a literatura contempor nea brasileira Um must read para quem curte literatura s ria 4 [...]


  8. Para ler de uma vez s At o dia em que o c o morreu intenso Mon tono, arrastado e s os que enfrentam os dramas do narrador sabem a dificuldade de se encontrar nesse mundo t o ca tico Recomendad ssimo.




  9. Por fin termino mi primer libro del a o en portugu s Qu gran logro A pesar de que es un libro corto, est lleno de reflexiones profundas que te obligan a leer con detenimiento los pasajes y la historia de este hombre, impulsada por la desaz n y la pereza, impidi ndole ser capaz de adaptarse a la sociedad que tanto espera de nosotros, o de actuar en direcci n a sus sue os, por puro miedo o vagancia Aunque no fue uno de mis libros favoritos, me identifiqu con algunas l neas del texto que termin sub [...]






  10. Esse mais um livro que eu li para a Maratona Liter ria Antes de mais nada, quero pedir desculpas pela resenha simples O livro possui um significado muito extenso e profundo, o que no fim dificultou um pouco para eu poder organizar minhas ideias aqui Espero que gostem ainda assim O personagem principal do livro n o tem nome E vive em um apartamento pequeno, sem luxo, minimalista e sem muitas ambi es Formado em Letras, especialista em Russo, ele simplesmente decide sair da casa dos pais e ir viver [...]


  11. Parece que toda a gente adorou este livro Barba Ensopada de Sangue, tamb m do autor, um dos meus livros preferidos da vida e acho que estava espera de algo do g nero Ou, pelo menos, de algo t o bom quanto As expectativas altas n o ajudaram, claro est Este livro tem um protagonista rec m licenciado, por volta da minha idade, e, do meu ponto de vista, com um estilo de vida totalmente diferente do que saud vel N o trabalha, n o tem sonhos nem objectivos, finge se de independente mas nada faz para s [...]


  12. This book is an amazing work of style The author dissects language to a point that facts contain all their reality This is made by slicing unnecessary phrases and adornments It can be underestimated for its association with commonplace themes youth misery, bukowskian subjects, etc but with a clean aproach to it you can feel all its powerfulness The narrator straightforwardness to account his own life grasps the dimension of his experiences It could be frightening to compare the rawness of the fa [...]


  13. Um protagonista ap tico e introvertido Graduado em letras por m n o leva jeito para escrita Quem deixou Galera escrever um livro baseado na minha vida Haha At o dia em que o c o morreu tem um enredo e narrativa simples, por m n o deixa de ser uma jornada filos fica O livro curto e levanta quest es existencialistas, os personagens bem constru dos e reais tornam dif cil algu m n o se identificar.


  14. O primeiro livro que leio do Daniel Galera Gostei muito do estilo do autor, o livro flui bem, tem um vocabul rio legal daqueles livros em que n o acontece muita coisa, a hist ria mesmo acontece na cabe a do personagem, a viagem muito mais psicol gica que f sica Na semana seguinte j voltei na livraria pra comprar M os de Cavalo, tamb m dele.




  15. Um bom livro, de leitura f cil, com poucos personagens Os personagem central causa uma empatia fora de s rie, acredito que para muitas pessoas que vivem em grandes cidades, n o s pra mim.



  16. Quero mais Galera Livro simples e f cil de ler com um final maravilhoso que te deixa pensando nas possibilidades do protagonista.



  17. timo livro, o autor tem um ritmo narrativo que prende e me deixou com uma sensa o de querer ler o livro de uma s vez.



Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *